Publicado em

Como precificar suas caixas em cartonagem!

Você quer aprender como precificar suas caixas em cartonagem?

Você gostaria de aprender o seu custo para fazer uma caixa de cartonagem?

 

Como você deve ter respondido sim a pelo menos uma das questões então esse post foi feito para você!

Hoje vamos abordar uma pergunta recorrente em e-mails que recebemos e também nos cursos que ministramos. (Ah, para enviar sua dúvida preencha o formulário na página de contato!)

Está dúvida é justamente como fazer para calcular o custo e o preço que devemos cobrar para um cliente.

Para responder c esta pergunta iremos abordar alguns conceitos para formação de preço, como os custos e a margem de custo.

Tentarei explicar de uma maneira prática, didática e resumida, pois sei que vocês não tem muito tempo para isso, mas não se preocupe porque lá no final da página tem o link para baixar uma planilha em excel ou (google docs). (se quiserer podem clicar aqui e ir logo pra ela)

Então vamos lá…

Inicialmente é necessário pensar nos materiais e insumos que você irá utilizar.

Para cartonagem temos os seguintes:

  • a placa de panamá (ou paraná, ou holler, ou couro, ou qualquer outro nome que você encontre)
  • o tecido ou papel usado para a forração
  • a fita crepe
  • a cola
  • os acabamentos (fitas, botões, etc.)

Uma vez que sabermos o quanto foi gasto em cada um dos materiais, que foi o preço de aquisição, precisamos agora definir o quanto foi gasto na caixa que você fez ou fará.

Para isso, como disse você pode utilizar a planilha ao final do post, mas se quiser o raciocínio é o seguinte:

Iremos calcular a área total da placa de panamá, assim sabemos o valor por cm², isto é feito multiplicando a largura pela altura da placa. Se sua placa tem 1,80 x 1,20m colocaremos em centimetros e multiplicaremos.

180×120=21.600 cm²

Depois iremos calcular a área gasta na caixa. Para isso iremos calcular a área de cada uma das partes. (Mais uma vez, não se preocupe, a planilha irá calcular pra vc).

Após somar esses valores de cada uma das partes da caixa teremos a área total utilizada.

Uma vez que já temos o valor total da placa e a área que ela tem podemos calcular o quanto de papelão foi gasto na caixa.

O mesmo raciocínio se aplica aos materiais de forração.

Para a fita crepe utilizamos o calculo do perímetro das partes da caixa multiplicado por 4. (é a conta mais aproximada)

Para a cola, vamos ter que multiplicar a área total da caixa, que já havíamos calculado anteriormente por 2, já que vamos forrar ela por dentro e por fora, e depois vamos dividir essa quantidade pelo rendimento da cola.

Para facilitar utilizamos como base o rendimento médio da cola extra pva, que é a que sempre recomendamos em nosso curso. Mais uma vez, não se preocupe, a planilha fará este trabalho para você.

Caso tenhamos utilizado outros acabamentos, como fitas, aviamentos, botões é só acrescenta-los a soma dos custos e a planilha.

Depois que definimos nosso custo total iremos aplicar um multiplicador para definir o valor que iremos cobrar, sempre recomendamos o multiplicador 3, já que 1x para seu custo, 1x para sua mão de obra, 1x para seu lucro, além disso caso utilize alguma ferramente de pagamento, como maquinetas de cartão é importante inserir este custo no campo da planilha.

Após isto está tudo pronto!

Entendeu? Caso tenha dúvidas sinta-se a vontade para entrar em contato e perguntar!

Clique aqui para receber a planilha em seu e-mail!